quinta-feira, 17 de novembro de 2022

Sobre o e-mail da Katriel, minha seguidora do Paraguai

 

Minha gente, conforme eu havia falado dentre os episódios do Podcast, eis a mensagem que eu recebi de uma seguidora minha que vem do Paraguai – a Ketriel.

Mensagem original que recebi em meu e-mail: podcastdofabio@gmail.com – Suprimidos o nome completo da moça e o e-mail de onde ela me enviou o e-mail.

Asaje porã Fabio, mba’éichapa reime? Jepive ereháicha, aipota upéicha.Che réra Katriel, areko 28 ary, che ne seguidor ko’ápe Capiatá, Paraguáipe.

Primeroite, ha’ese che romoirũha, ha rohendu ha romoñe’ẽha unos años ko’áĝa, ndaha’éi jepiveguáicha, ha katu ikatu jave, ha añetehápe chegusta añeñandu ag̃ui ndehegui, jepeve geográficamente mombyry. Ha, ha’eva’erã amomba’eguasuha nde rekove rembiasakue, ha akóinte aha’arõ, ha aha’arõ gueteri, reconsegui rejuhu pe mborayhu nde rekovépe. Pero, che arovia Pedro, upe karai ereva ha’eha academia-gua, nde mbo’ehára, che aimo’ã, ha’eha pe mborayhu añetegua nde rekovépe, ha’égui lindoiterei reñe’ẽvo hese ha upéva voi ndegueraha rejagarrase haĝua chupe hova ha ere chupe nontendéiramo hekove mborayhu ha’eha nde.

Honestamente, che arovia ko karai academia-gua ha’eha peteî persona brillante, iluminada ha afortunada, porque ojuhúvo peteî ñanderayhúva, ko’ã árape, hasyeterei, ha ovy’a Pedro orekóva.

Aguerovia peẽ ha’étaha peteĩ pareja ovy’aitereíva, peimérire oñondive, ha aipota, che korasõite guive, ikatuha peime oñondive, jepe peimo’ã peẽ, ha’évo peteĩ Canceriano, pe erévagui, pe… Signo cáncer rehegua, peteĩ signo hogar-pegua, familia ha fieliterei ohayhúramo, ohayhuva’erã hi’aguĩvo imborayhúgui, ¿ajépa? Ha ovy’a pe mitãrusu, Pedro, ikatúva oñemoag̃ui peteĩ ohayhu añetévare chupe.

Aguyje peẽme pende contenido internet-pe, ha aipota peconquista Pedro-pe, añandu ha’eha pe mborayhu pehekaitereíva! Ha, avy’áta, peime jave oñondive ha pejapo peteĩ fiesta michĩmi (aipota ha’e peteĩ fiesta tuicháva :), ¿rehechápa?), aipota penemandu’a cherehe, porque avy’áta amomorã pe mborayhu pende apytépe , avei!

Añetehápe iporãiterei ahendu reñe’ẽha mborayhu ha tekovére upépe Brasil-pe, ha jepe ere redesliza hague gimnasio-pe, aipota ani reñelastima, ha añandu upe aplastamiento ereva ko’ã árape ndaha’eiha nde añetegua aplastamiento , añandu nde korasõ opyrũ mbarete ha iporãveha nde mborayhu añeteguáre, Pedro, jepe nderehechakuaái, ha katu, ahechakuaa nde korasõ oguerekoha ijára, ha suerte pe mitãkaria’ýpe ĝuarã, porque Pedro, oguerekógui peteĩ tapicha ndeichaite lindo, oñeñandu va’erã pe tipo afortunadovévaicha, ha rohendu, jepe che aipotaiterei ha’e ha’e.

Mba’éichapa aimese upépe hi’aguĩ, ikatu haguã roipytyvõ, añandu haguére, che korasõme, pe mborayhu nde rekovépe ha’eha Pedro, ha rejapotaha peteĩ pareja iporãitereíva.

Che ha’e gueteri ne fan ha ne rendu ha ne moñe’ẽhára, ha ahayhu añete opa mba’e remoherakuãva, añandu haguére ha’eha che korasõgui, ndaha’éiramo ere jave mba’e ñembyasy ha ivaíva nde mborayhu añeteguáre, Pedro.

Pesegíke ha’e ko tapicha añandúva iporãha, oporohayhúva ha románticoiterei, ha ha’e peteĩ vergüenza ndaiporiha upépe, ndaupéichairamo ahura ajagarrátaha Pedro-pe cuello-gui ha antendetaha chupe mávapa pe mborayhu hekovépe, oñorairõ’ỹre , oĩma?  rehegua

Pepyta Ñandejára ndive, ha penemandu’áke upévare, che aime ko’ápe, ha’évo pende fan ha ohendúva ha lector, ha aha’arõ ha añembo’e Ñandejára akóinte ome’ẽ haĝua peẽme iporãvéva pende rekovépe, ha Pedro pende korasõre, jepe ndaperrekonoséi oficialmente upéva ojoguáva gueteri chupe, ¿rehechápa?

Cheperdona ahai haguére Guarani-pe, ha katu ne’ĩra gueteri aikuaa portugués ñe’ẽ, ha katu tecnología rupive ikatu romoirũ ñane ñe’ẽme ko’ápe, ha aikuaami ne ñe’ẽ Brasil-pe. Aipotaite ningo chentende, chentende ha chembohovái!

Maitei paraguayo de tu fan, Katriel!

CONFORME DISSE NO PODCAST: tenho que expor que, graças ao Google, eu pude traduzir, e eis o que diz o Google (até porque não falo Guarani).

TRADUÇÃO:

Boa tarde Fabio, tudo bem? Como você sempre diz, espero que sim.

Meu nome é Katriel, tenho 28 anos, sou sua seguidora aqui de Capiatá, no Paraguai.

Em primeiro, quero dizer que eu te sigo, e te escuto e leio há alguns anos já, não sempre, mas sempre que posso, e gosto muito de me sentir pertinho de você, ainda que longe geograficamente.

E, tenho que dizer que admiro sua história de vida, e sempre torci, e torço ainda, para que você consiga achar o amor de sua vida. Mas, acredito que o Pedro, aquele moço que você diz que é da academia, seu professor, eu acho, seja o verdadeiro amor de sua vida, pois é tão bonitinho como você fala sobre ele que dá até vontade de pegar ele de frente e dizer se ele não entendeu que o amor da vida dele é você.

Sinceramente, eu acredito que este moço da academia seja uma pessoa brilhante e muito iluminada e sortuda pois, encontrar um alguém que nos queira bem, nos dias de hoje, é muito difícil, e feliz do Pedro que tem você.

Creio que vocês seriam um casal bem feliz, se estivessem juntos, e torço, do fundo do coração, para que possam estar juntos, até pensando que você sendo canceriano, pelo que você diz, é do signo de câncer, um signo caseiro, família e muito fiel quando ama, deve amar poder estar perto de seu amor, não é? E feliz o moço, Pedro, que pode estar perto de alguém que realmente lhe quer bem.

Agradeço por seu conteúdo na internet, e torço para que você conquiste o Pedro, que sinto seja ele o amor que tanto você busca! E, ficarei feliz, quando vocês estiverem juntos e fizerem uma festinha (espero que seja um festão :), viu?), espero que lembrem de mim, pois, irei com alegria para celebrar o amor entre vocês, também!

É muito legal ouvir você falar sobre o amor e a vida aí no Brasil, e mesmo você dizendo que derrapou na academia, espero que não tenha se machucado, e, sinto que o tal crush que você diz hoje em dia não seja seu real crush, eu sinto que seu coração bate mais forte e mais bonito pelo seu verdadeiro amor, o Pedro, mesmo você não reconhecendo, mas, percebo que seu coração tem dono, e sorte do menino, pois o Pedro tendo alguém tão fofo como você, tem que se sentir o moço mais sortudo, e, ouvindo você, até eu queria ser ele.

Como eu queria estar aí pertinho, assim eu te ajudaria, pois, sinto, de coração, mesmo, que o amor de sua vida é o Pedro, e que vocês seriam um casal muito bonito.

Sigo sendo sua fã e sua ouvinte e leitora, e adoro muito tudo o que você publica, pois sinto que seja de coração, menos quando você fala coisas tristes e ruins sobre seu verdadeiro amor, o Pedro.

Continue sendo esta pessoa que, sinto que seja, boa, carinhosa e bem romântica, e pena eu não estar aí, senão juro que pegaria o Pedro pelos colarinhos e faria ele entender quem é o amor da vida dele, sem brigas, tá?

Fique com Deus, e lembre-se que, estou aqui, sendo sua fã e ouvinte e leitora, e torcendo e orando pra que Deus te dê o melhor sempre em sua vida, e o Pedro para seu coração, mesmo você não admitindo oficialmente que ainda gosta dele, viu?

Me perdoe escrever em Guarani, mas, é que não aprendi, ainda a falar português, mas graças à tecnologia, posso seguir você em nosso idioma aqui, e, aprendo um pouco de sua língua do Brasil. Espero que me entenda, compreenda e me responda!

Saudações paraguaias de sua fã, Katriel!

CONCLUSÃO:

Agradeço a você, Katriel, pela mensagem e por me seguir nas redes, ao longo dos dias, como falo sempre, fiz meu espaço para poder expor e guardar para mim, muito do que sinto e penso, para eu mesmo me aprimorar e crescer em mim mesmo, e em minha fé e forma de ser, agir e pensar, e, graças a você, minha amiga, e a todos que abraçaram comigo a ideia, pois, hoje são inúmeros os países que me acompanham e, inúmeras as mensagens que recebo – E LEIO E RESPONDO A TODOS, SEMPRE, DEMORO, MAS, RESPONDO!

E, mesmo já tendo alertado que não falaria mais sobre a história do Pedro, E NEM RESPONDERIA MAIS A QUEM QUER QUE SEJA, achei fofa a maneira como você, Katriel, escreveu, e por isso contextualizei e respondi de forma pública, pois, assim, quiçá, vocês todos entendam de uma vez por todas que, eu derrapei na caminhada, quando vivenciei este capítulo de minha história, mas aprendi muito e cresci muito com essa situação, aliás, pude perceber que, meus conceitos e princípios, devem ser mantidos e vividos, E ASSIM SERÁ … serve a música “ascolta il tuo cuore” da Laura Pausini … e, vida que segue … afinal, eu sei bem o que quero viver em minha vida, não posso exigir que ninguém queira viver o mesmo que eu, mas posso sim, e estou, e sigo “estando” na busca de UM CORAÇÃO para amar e ser amado – sim, sou teimoso no quesito amor – e não busco “macho” ou “fêmea”, se eu quisesse “sexo por sexo” não estaria, sequer, aqui! (QUEM OUVE A MEU PODCAST SABE O MOTIVO DE EU EXPOR ASSIM A SITUAÇÃO).

Obrigado, Katriel, por sua mensagem!

E, de coração, obrigado, mesmo, a todos que, bem ou mal, me seguem, e estão comigo nesta “brincadeira” que deu certo e ultrapassou as barreiras que, quisera eu, imaginar, um dia, que fosse.

Boa tarde à todos, e obrigado, sempre, e seguimos vivendo, enquanto Deus assim no-lo permitir.

Minha gratidão a todos.

Obs: obrigado ao Google, que me permitiu extrair um pouco (do muito) do idioma Guarani.

 



 

sexta-feira, 12 de agosto de 2022